Blogmas #14 – The Gift, Cecelia Ahern


OLAR! Essa semana eu terminei minha primeira leitura natalina do mês que foi esse livro da Cecelia Ahern – que se chama “The Gift” e foi traduzido como “O Presente” aqui no Brasil, publicado pela editora Novo Conceito. Quem tá me acompanhando durante o vlogmas sabe que eu fiquei bem empolgada quando comecei a ler esse livro e hoje vou dar minha opinião final.

Sinopse: Todos os dias, Lou Suffern luta contra o tempo. Ele tem sempre dois lugares para ir, tem sempre duas coisas a fazer. Quando dorme, sonha com os planos do dia seguinte, e, quando está em casa, com a esposa e os filhos, sua mente está, invariavelmente, em outro lugar. Numa manhã de inverno, Lou encontra Gabe, um morador de rua, sentado no chão, sob o frio e a neve, do lado de fora do imenso edifício onde Suffern trabalha. Os dois começam a conversar, e Lou fica muito intrigado com as informações que recebe de Gabe; informações de alguém que tem observado uniões improváveis entre os colegas de trabalho de Lou, como os encontros da moça de sapatos Louboutin com o rapaz de sapatos pretos… Ansioso por saber de tudo e por manter o controle sobre tudo, Lou entende que seria bom ter Gabe por perto — para ajudá-lo a desmascarar associações que se formam fora de suas vistas — e lhe oferece um emprego. Mas logo o executivo arrepende-se de ajudar Gabe: sua presença o perturba. O ex-mendigo parece estar em dois lugares ao mesmo tempo, e, além disso, Gabe lhe fala umas coisas muito incomuns, como se soubesse do que não deveria saber… Quando começa a entender quem é realmente Gabe, e o que ele faz em sua vida, o executivo percebe que passará pela mais dura das provações. Esta história é sobre uma pessoa que descobre quem é. Sobre uma pessoa cujo interior é revelado a todos que a estimam. E todos são revelados a ela. No momento certo.

A história começa super bem – com uma certa dose de mistério e um bom equilíbrio nos assuntos mais densos. Utilizando fatos reais do nosso cotidiano cada vez mais apressado e estressante, a autora consegue despertar nos leitores uma reflexão sobre os verdadeiros valores da vida, sobre prioridades, rotina, tempo, ganância e principalmente fé: no amor, na família, e em recomeços.

Meu único problema com esse livro é que ele é absurdamente óbvio. Ao ler as primeiras páginas você já sabe que vai ter uma lição de moral no final. Você já sabe o que vai acontecer com Lou. Mas como bom brasileiro que não desiste nunca, você acredita que a autora pode te dar um olé e fazer aquela surpresa marota. Só que ela não faz e o livro cruza aquele limite do clichê que – pelo menos eu acho – beira o insuportável.

rolleyesw

Apesar de não ter curtido tanto assim, reconheço que esse é o tipo de livro que vende. Que chama atenção e cativa públicos adolescentes. É bem escrito – parece até uma parábola, é leve e às vezes é até divertido.

Título: The Gift
Autor: Cecelia Ahern
Editora: HarperCollins
Ano: 2009
Páginas: 302
Nível de amor: ♥♥♥♥♥

Alguém aí já leu esse livro também? Se sim, me conta aí o que você achou! Eu tô louca pra riscar mais um livro da minha lista natalina que eu encomendei mês passado no Book Depository – Apple and Rain – mas ele ainda não chegou. Enquanto isso tô lendo um livro do Neil Gaiman que se chama “The Ocean at the End of the Lane”. E vocês estão lendo o que? Bisous et à bientôt.

Blogmas #13: DIY’s fáceis e baratos no Pinterest

OLAR! Esse post é para você que está com a verba curta para decorar a casa e/ou não tem lá muito talento para trabalhos manuais. Garanto que escolhi ideias bem fáceis de reproduzir. Vale espalhar pela casa ou usar na mesa da ceia de Natal, cabe a vocês escolherem o destino desses DIYs super bonitinhos. Aqui em casa eu tenho uma garrafa dessas com luzinhas na cozinha – fica super legal e descontraído.

DIYs

Se você gostou e decidiu reproduzir algum dos enfeites que mostrei, me tagueia na foto ou usa a hashtag #blogmas2015 pra eu poder conferir, tá? E oh, quem quiser acompanhar mais DIYs natalinos legais, é só me seguir no Pinterest ou o meu board natalino por lá! Bisous et à bientôt.

Blogmas #12: Santa’s Belly, da Lush

OLAR! Mais um dia atrasada no blogmas? Tô sim, gente. Vou ver se consigo agendar uns posts essa semana pra evitar esses furos na programação de novo, ok? Porque daqui até o Natal a minha correria só tende a aumentar, sejam pacientes comigo! Por favorzinho. Então, hoje vou mostrar mais um produto da linha natalina da Lush que eu comprei esse ano pra testar – a gelatina de banho Santa’s Belly.

lush-1 lush-2

Quando eu fui na Lush esse ano, minha intenção era repor o meu estoque do gel de banho Hot Toddy e da minha paixão eterna, o So White. Não sei por qual motivo, a Lush resolveu me privar dessas duas delícias esse ano e eu fiquei muito desolada. Porém, todo mundo me falou dessa gelatina de banho e o cheiro era realmente parecido – então resolvi levar pra ver no que dava.

lush-3

A gelatina é a coisa mais lindinha do mundo, cheia de glitter e estrelinhas dentro! Mais a minha cara impossível. A consistência dela é meio estranha no começo, confesso que demorei pra acostumar mas agora estou apaixonadíssima e cogitando comprar mais para estocar. A pele fica super bem limpinha e sem ressecar, o cheiro fica no corpo na medida certa e a única diferença que eu senti pro gel de banho do So White é que a gelatina tem um cheiro de vinho aparente e bem pronunciado.

Espero muito que esse produto volte no ano que vem, é delícia demais! Se você ficou com vontade de testar, na loja online da Lush você encontra a gelatina por R$ 31,40 na versão de 100g igual a minha. Ou se você for de SP, pode se aventurar em uma das lojas físicas da marca! Vocês já testaram algum produto natalino da Lush esse ano? Se sim, qual o seu favorito? Bisous et à bientôt.

PS: por algum motivo muito bizarro o blogmas #11 não está aparecendo diretamente no blog, mas você pode acessá-lo clicando aqui.

Blogmas #10 – Doces natalinos

doces-natalinos
OLAR! Atrasei novamente no blogmas, vocês vão me perdoar pela correria mas o final de semestre está ~daquele jeitinho~, sabe como é? Enfim, uma das minhas partes preferidas do Natal são as comidinhas maravilhosas e mesmo eu não sendo fanzoca de doces nessa época do ano eu perco a linha. A-M-O assar sobremesas, principalmente biscoitinhos. Separei três docinhos com níveis de dificuldades diferentes para quem decidir se aventurar na cozinha – fiz até um gif bonitinho pra ilustrar o post pena que perdeu um pouco da qualidade.

Nível: FÁCIL


A maioria das famílias costuma fazer essa iguaria. Eu AMO. Sério, ano passado saí igual louca procurando nas padarias aqui do bairro porque tava com preguiça de fazer. Mas garanto que é prática, rápida e gostosa.

Nível: INTERMEDIÁRIO


Essa é uma sobremesa gostosa, bonita e de quebra tem um número reduzido de calorias pra quem quiser fazer um docinho mais leve pra consciência não pesar tanto depois.

Nível: AVANÇADO


Eu nunca testei essa receita da Dani Noce, mas ela não é tão diferente da minha. Só que olha, os biscoitinhos de gengibre são um tanto trabalhosos e exigem muita paciência para fazer. Principalmente se você resolver decorar e for uma zero à esquerda tipo euzinha.

Vocês já testaram alguma dessas receitas? Tem algum outro doce que não pode faltar na sua ceia? Me conta e me manda a receita ali embaixo! Bisous et à bientôt.

Blogmas #9 – Filmes natalinos

OLAR! Ano passado durante o blogmas, eu separei 10 filmes clássicos para assistir até o Natal. Esse ano escolhi cinco filmes – a maioria são comédias românticas, desculpa aí quem não curte – que eu gosto muito para compartilhar com vocês e obviamente dar aquela forcinha para a maratona de filmes do final de semana. Não chequei a disponibilidade de todos eles no Netflix dessa vez, mas nada que a internet maravilhosa não resolva. Não é mesmo? Entendedores entenderão.

You’ve Got Mail (Mensagem Para Você)


Livros, Natal, Nova York e uma dose cavalar de romance. Como não amar esse filme, minha gente? Só esse mês eu já assisti umas três vezes, sem exageros, no Netflix. Fora que o filme é de 1998, com direito a internet discada, e bate uma mega nostalgia da época dos chats da interwebs.

Holiday Inn (Duas Semanas de Prazer)

O filme é de 1942, é em preto & branco, é um musical e é maravilhoso. Como contei no ano passado, uma das canções natalinas mais famosas – “White Christmas” – foi escrita especialmente para o filme e que inclusive levou um Oscar na época. Esse é mais difícil de encontrar pra vender mas sei que tem ele completo disponível no YouTube.

The Shop Around The Corner (A Loja da Esquina)


Momento curioso: esse filme aqui deu origem para o primeiro filme que eu indiquei nessa lista e foi inspirado em uma peça húngara chamada Parfumerie, de 1937. Essa versão se passa em Budapeste, eles se comunicam anonimamente por cartas e trabalham em uma loja de presentes. É em preto & branco e também é muito maravilhoso. Não tem no Netflix e nem no Youtube, mas tem em DVD e nas profundezas da internet.

A Charlie Brown Christmas (O Natal do Charlie Brown)

Esse curta-metragem foi o primeiro desenho animado da turma do Peanuts do Charlie Schulz. Quase todo mundo que eu conheço teve um VHS desse filme, sério. Muita nostalgia da infância! E agora tem até em DVD, se eu não estou enganada. A trilha sonora foi criada pelo pianista Vince Guaraldi e pra mim é um dos destaques desse filme.

The Holiday (O Amor Não Tira Férias)

ÓBVIO que eu não ia deixar esse filme de fora da minha lista, seria uma heresia – coloquei a cena inicial do filme ao invés do trailer por motivos de amor. Apenas assistam que vocês vão entender, esse monólogo da Kate Winslet é de matar. Particularmente é a minha comédia romântica favorita e definitivamente está no top 3 filmes natalinos do meu coração. Tem Jude Law (RISOS), Kate Winslet, Cameron Diaz e até um dos mitos da comédia: Jack Black. Eu falo tanto sobre esse filme que tenho até medo de ser ainda mais repetitiva. Infelizmente não tem no Netflix (não canso de procurar) mas tem pra vender em DVD/Blu-ray e tem também na interwebs. Então vai, assiste esse filme e comenta comigo que eu vou amar!

Vocês já assistiram algum desses filmes? Se sim, qual? E qual filme vocês mais gostam de assistir nessa época do ano? Me contem aqui nos comentários que eu quero saber!! Bisous et à bientôt.